Eu não mereço, mas Deus me ama tanto, tanto!

36871489

Olá, tudo bem? Ando meio sumido do blog, porque tenho tido bastante trabalho para fazer, graças ao bom Deus. Mas vamos lá, porque hoje me veio algo bem interessante para dizer.

Durante o horário do meu almoço, resolvi ler alguns trechos da Lição da Escola Sabatina, e lá me dizia sobre Justiça Imputada, em outras palavras, a Justiça que Jesus nos deu, não atráves de nossas obras ou cumprimento da lei, mas que recebemos através do Amor de Deus para conosco.

Afinal, Jesus já havia proclamado que viria ao mundo e morreria por todos nós, e isso é totalmente aceitável, já que as profecias nunca erram.

Veja o que diz um trecho da Lição da Escola Sabatina do Segundo Trimestre de 2011.

“Paulo disse em Romanos 4:2 que, se Abraão tivesse sido justificado pelas obras, ele poderia ter se gloriado. Entretanto, Abraão creu em Deus e, portanto, foi considerado justo. Jesus nos convida a ir a Ele em fé simples, pecadores que somos, e Ele dará Seu manto de perfeição, a justiça perfeita que Ele alcançou enquanto e steve aqui, vivendo na carne. Isso é conhecido como “justiça imputada”, e é a única solução para o dilema descrito tão vividamente em Isaías 64 e Romanos 3.

Imagine assim: Jesus tira suas antigas roupas manchadas, seu trapo imundo, e o envolve com o manto de Sua justiça perfeita, Sua santidade perfeita, Seu registro perfeito de obediência à Lei. Ele o envolve e então sussurra ao seu ouvido: “Agora você é perfeito. Eu lhe dei minha perfeição. Por favor, use este manto, e não o afaste de você.”

Abraão aprendeu de Deus com seus pais, porém não foi através da tradição que ele se tornou o pai da Fé.

Ele foi o que foi, porque confiou em Deus e viveu uma vida inteira dedicada totalmente e exclusivamente a Deus, ou seja, cumprindo assim a verdadeira justiça imputada.

Portanto, observando este pequeno exemplo, precisamos ajoelhar constantemente aos pés do Pai, e buscar nEle este caráter puro e santo, que só pode ser obtido quando nos entregamos aos pés de nosso Salvador e Senhor, Jesus Cristo.

Que Deus nos abençoe e nos ajuda a subir cada degrau da nossa subida espiritual. Amém.

Anúncios

5 comentários sobre “Eu não mereço, mas Deus me ama tanto, tanto!

  1. Diego Pacheco disse:

    Oh, glória peço sempre a Deus um coração puro e dígno do seu amo, espero poder alcançar… Espero tbm alcançar um caráter humilde e confiança nele!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s